Especial: 1 ano de Blurryface

Em comemoração ao primeiro aniversário do Blurryface, reunimos todos os acontecimentos que cobrimos na nossa página relacionados ao lançamento do quarto álbum da nossa banda favorita de Ohio. Para os antigos fãs e os novos, aqui estão todas as pistas que antecederam o 17 de maio de 2015, dia que hoje significa muito na história do twenty one pilots. Também temos entrevistas, matérias, especiais e vídeos que marcaram a jornada dessa era tão importante na história do Skeleton Clique. Esperamos que gostem do resultado. Lembrem sempre que esse álbum é de todos nós.

Nos últimos meses de 2014 surgiram as primeiras informações sobre o novo álbum do twenty one pilots, que já estava em progresso. Ricky Reed, do projeto Wallpaper, revelou-se um dos produtores do álbum quando publicou fotos com Tyler e Josh no seu Twitter. Além disso, Tyler chegou a publicar fotos em um estúdio na Inglaterra.

Já em março de 2015, algumas rádios confirmaram ter ouvido músicas do novo álbum e levantaram a expectativa dos fãs quanto à qualidade dessas músicas. Então, capa e nome do álbum foram supostamente “vazados” no site KingdomLeaks, além do nome do primeiro single, Fairly Local, e sua data de lançamento, 17 de março.



Desta forma, fomos introduzidos a uma nova fase da banda. Vimos um cenário congelante, Josh com olhos pintados de vermelho e Tyler, além de mãos e pescoço pintados com tinta preta, usa lentes de contato vermelhas nos trechos onde sua voz ganha um efeito grave: somos apresentados ao Blurryface.
A música demonstra dois lados opostos. Primeiro escutamos Blurryface, a personificação de todos os medos e inseguranças de Tyler. Depois ouvimos Tyler, que está lutando contra ele. Na ponte, ouvimos o verso “Yo, this song will never be on the radio / Even if my clique were to pick and the people were to vote” (Ei, essa música nunca estará no rádio / Mesmo se meu clique pudesse escolher e as pessoas fossem votar), onde percebemos a frieza do personagem. Entretanto, mais tarde, o verso não se aplicaria às outras músicas.



Logo após o lançamento de Fairly Local, os fãs foram bombardeados com a data de lançamento do álbum (19 de maio), a tracklist e datas da Blurryface World Tour com as bandas Echosmith e Finish Ticket, que teve passagem pelo Reino Unido, EUA e Canadá. E, ainda no mesmo dia, um site informou que “Tear In My Heart”, primeiro single oficial, seria lançado no dia 6 de abril.



21 dias após Fairly Local (5 de abril), foi lançada Tear In My Heart. A música é sobre a agora esposa de Tyler, Jenna Joseph. Ele finalmente sai do cenário desesperançoso que se encontrava (como é visto em Prove Me Wrong, do seu álbum solo) e se entrega completamente para Jenna. Além da música não representar Blurryface em nenhuma parte, vimos no clipe que Jenna é a única pessoa que Tyler não enxerga diferente. Ainda, no final, Jenna bate em Tyler na tentativa de afastar Blurryface. E consegue. O vídeo foi dirigido por Marc Klasfeld.



Contudo, ainda conhecíamos muito pouco sobre o protagonista dessa história. Nas tentativas de compreender melhor a nova fase na qual a banda estava entrando, muitos fãs criaram teorias comparando o conteúdo mais antigo com o novo a partir de observações como a ausência da cor azul nos novos designs usados pela banda. Foi com base nessas teorias que criamos o nosso primeiro especial e explicamos a simbologia da banda e o que esperar do novo álbum.



Foi no dia 28 de abril que recebemos o último vídeo a ser lançado antes do álbum. Porém, dessa vez, não foi um simples lançamento. Presenciamos a primeira aparição de Blurryface no Twitter, dias antes, onde vimos fotos e vídeos exclusivos da banda, publicados de formas sombrias, por exemplo com os áudios revertidos. Além de acompanharmos toda a movimentação em torno da conta misteriosa, que estava sendo administrada por alguém da equipe ou pela própria banda, fomos notados pela mesma, que retweetou uma publicação nossa (o que causou ainda mais agitação entre os fãs).



A música alterna entre o ponto de vista de Blurryface, sendo honesto sobre suas inseguranças e finalmente se apresentando para nós: “My name’s Blurryface and I care what you think” (Meu nome é Blurryface e eu me importo com o que você pensa); e o ponto de vista nostálgico de Tyler: “Wish we could turn back time, to the good ol’ days/ When our momma sang us to sleep, but now we’re stressed out” (Gostaria que pudéssemos voltar no tempo, para os bons e velhos tempos / Quando nossa mãe cantava para dormirmos, mas agora estamos estressados).
Com o clipe de Stressed Out, os fãs perceberam que a simbologia estava ainda mais presente. Em seu blog, Brandon Rike, o artista gráfico responsável por toda a arte feita para o álbum Blurryface, explicou todo seu processo de criação e traduzimos na íntegra.
Maio de 2015 chegou e a expectativa era desmedida. No terceiro dia do mês, a faixa Lane Boy vazou e trouxe mais novidades no estilo do álbum, já que começamos a música com um reggae acelerado e terminamos com batidas eletrônicas. No dia seguinte, a música foi lançada oficialmente e Tyler fez uma declaração mais que aguardada:







A partir daí, os fãs aguardavam pelo lançamento da música Ride, previsto para 12 de maio. No dia 9 de maio a conta no Twitter de Blurryface publicou duas imagens. A primeira, com a palavra “Ride” escondida e a segunda, com o verso “I’m taking my time”. Além disso, fãs perceberam que o único tweet favoritado pela banda dizia que Ride provavelmente já havia vazado. Logo depois, a conta publicou “Agora você pode achá-lo. Vá achá-lo” e todos os tweets foram deletados.


CEmlbfLW0AA8yaV


O que não esperávamos era que o tweet se tratava do álbum inteiro e, por isso, os fãs que não aguentavam mais esperar foram surpreendidos por finalmente poderem ouvir as faixas restantes. Dias depois Tyler se pronunciou e pareceu estar por trás disso:





E entendemos que era isso ao que se referia quando disse que planejava em vazar mais coisas e, de volta ao dia do lançamento oficial de Lane Boy, ao dizer “pegue desta forma se quiser, você decide. Estou mais interessado em você conseguindo-o de alguma forma”.



Nos dias que se seguiram tivemos o lançamento oficial do áudio Ride e no dia 13, o lançamento do clipe. Ao divulgá-lo, Tyler brinca “6 dias até seu ‘lançamento'”. Além de sermos presenteados com esse tipo de interação:


ride

Josh: minha parte favorita desse vídeo é quando o Tyler anda de um lado pro outro com aquele instrumento cheio de cordas.
Tyler: obrigado jish. minha parte favorita foi quando tivemos que gravar várias vezes a cena onde eu estava agachado atrás de você pra colocar seus óculos de sol.
Josh: eu gostei quando você acidentalmente ficou cutucando meus olhos com os óculos de sol.


Mark Eshleman, fundador da Reel Bear Media, revelou que o clipe foi gravado em Nashville quando eles estavam ensaiando para o período de passagem pelo Reino Unido da Blurryface World Tour.



Algumas lojas dos EUA e da Austrália já estavam vendendo o cd na semana do lançamento. E mais uma vez, para nossa surpresa, o álbum foi oficialmente lançado no dia 17 de maio, sendo disponibilizado para stream no Spotify e para download no iTunes.




O show de estreia do Blurryface aconteceu no dia 19 de maio no iHeartRadio Theater em Los Angeles e teve transmissão online. Além de alcançar o topo do Alternative Chart do iTunes no primeiro dia do lançamento, em seguida, ultrapassaram artistas como Taylor Swift e Zedd e conseguiram a primeira posição da parada norte-americana de álbuns. E, pela primeira vez, estrearam na primeira posição da Billboard 200. Dessa forma, foram chamados para se apresentar em programas de destaque na TV americana, como Jimmy Kimmel, Seth Meyers e Jimmy Fallon.


No dia 20 de julho é lançado o clipe de Lane Boy, com participações de Zack Joseph (irmão de Tyler) e Jacob Carlton. As cenas do show foram filmadas por Mark Eshleman no Bunbury Festival, que aconteceu em Cincinatti, Ohio, no dia 7 de junho.

No vídeo, Zack e Jacob incorporam o verso em que Tyler menciona um “hazmat in a gas mask”. Um deles representa a fama e o outro, sucesso, conceitos aos quais Tyler se ajoelha no começo do vídeo. O resto do clipe mostra como Tyler luta contra essa subordinação da indústria, derrotando os conceitos e ganhando a multidão fazendo o que ele realmente quer fazer. Lane Boy é a letra que tem a crítica mais clara à indústria musical atual no álbum Blurryface.



No dia 1º de janeiro de 2016, foi ao ar no canal americano Palladia o especial Blurryface Live. Antes disso, em dezembro, a banda divulgou um aperitivo postando a performance de Heavydirtysoul no show que aconteceu no Fox Theater, na Califórnia, em outubro de 2015. O show foi filmado e editado especialmente para a TV. Dirigido por Mark Eshleman/Reel Bear Media, assim como Fairly Local, Stressed Out, Ride e Lane Boy.



A banda teve seu sucesso reconhecido em diversos países. Devido às vendas alcançadas, Tyler e Josh receberam certificados oficiais que honram suas conquistas musicais.

Nos Estados Unidos, a RIAA (Associação da Indústria de Gravação da América), órgão responsável pela gratifica artistas por alcançar invejojsas marcas, já reconheceu o disco de platina para o álbum Blurryface (1 milhão de vendas) e platina dupla para o single Stressed Out (2 milhões de vendas).



No Canadá, Blurryface garantiu o disco de ouro e pouco tempo depois o disco de platina. A banda recebeu os dois prêmios durante a passagem pelo país com a Blurryface Tour.



Na Austrália, Stressed Out também rendeu o disco de platina dupla para a banda.



Um ano se passou desde o lançamento do quarto álbum. Blurryface tinha a responsabilidade de superar as expectativas de seu antecessor, que garantiu aos meninos uma assinatura com a Fueled By Ramen. Felizmente, a banda cresceu de várias formas e nós, do Skeleton Clique, herdamos todas essas conquistas junto com Tyler e Josh.
Blurryface não é apenas um álbum. É tudo aquilo que vive dentro de cada um de nós e precisamos derrotar. Então continuaremos lutando.

|-/

Para mais detalhes, confira:

+ Blurryface entre os melhores álbuns de 2015 até agora
+ twenty one pilots tocará no VMA pelo Blurryface em todos nós + performance
+ Galeria de vídeos e fotos da banda no EMA 2015
+ EMØTIØNALRØADSHØW: nova turnê anunciada para 2016
+ Especial: O sucesso de Stressed Out e a vinda para o Brasil
+ Cobertura #TØPnoBrasil: Lollapalooza
+ twenty one pilots no Lollapalooza Argentina
+ twenty one pilots no Lollapalooza Chile
+ twenty one pilots no Caldeirão do Huck


O álbum Blurryface está à venda no Brasil nas lojas Saraiva, Americanas, Livraria Cultura e Submarino.

Acompanhe-nos também nas redes sociais:

• Facebook: facebook.com/mutantkidsbr
• Grupo de fãs no Facebook: facebook.com/groups/mutantkidsbrasil
• Twitter: twitter.com/mutantkidsbr
• Instagram: instagram.com/mutantkidsbrasil
• Canal no YouTube: youtube.com/c/mutantkidsbrasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *