twenty one pilots na trilha de Esquadrão Suicida

Na última quarta-feira, 15, por volta 20h da noite no horário de Brasília, a nova música do twenty one pilots, Heathens, vazou. Tudo indica que a própria banda é responsável pela disseminação da música, assim como aconteceu com o último álbum, que vazou 8 dias antes do lançamento oficial. Da mesma forma que Tyler publicou em seu Twitter sobre a exposição de Blurryface, dessa vez a conta oficial da banda que se manifestou no Twitter, 40 minutos depois. E para aumentar o mistério em torno da nova música, que alguns acreditaram ser fake, o tweet foi postado em código morse.



O código traduzia para a frase “Take it slow”, verso contido no refrão da música.



E já sabemos que nada acontece por simples coincidência com essa dupla.

Além disso, antes mesmo dos fãs conseguirem transcrever a letra da música, vários se lembraram que Tyler já usou a expressão outras vezes. Ambas as vezes foram ao postar fotos de si mesmo no Instagram. Da primeira vez, com uma selfie no espelho, ele escreveu o seguinte poema:

“esses telefones são máquinas pagãs,
um autorretrato “espontâneo” na minha máquina pagã,
eu coloco uma capa na minha máquina pagã,
para que a minha alma não quebre, nem mesmo minha tela.”

Da segunda vez, publicou uma selfie, em janeiro de 2016, com a legenda:

“máquina pagã:.:provando pra mim o que ainda não vi. ^/\{•;;•}/\^”

As duas fotos já foram apagadas de seu Instagram.

O rumor inicial era que Heathens seria a música citada na entrevista da Billboard, de abril desse ano:

“Tyler Joseph, 27, o cantor-compositor da equipe de duas pessoas que forma a banda, acabou de receber por Dropbox um novo mix de uma música que está na competição para a trilha sonora de um dos grandes blockbusters de verão e ele está ansioso para ouvi-la.”

E desde então os fãs suspeitavam que esse grande filme só poderia ser Esquadrão Suicida, um dos mais esperados e com estreia marcada no período do verão norte-americano.


ClGCoU9UgAEIxHY


A informação foi confirmada hoje (16), quando fãs utilizaram o aplicativo Shazam para identificar a música e esse, por sua vez, exibiu a capa do álbum da trilha sonora do filme “Suicide Squad: The Album”.

“Heathen” pode significar pagão, bárbaro, ignorante ou não civilizado. A conexão feita pelo significado da expressão e o modo que ela foi utilizada anteriormente por Tyler em seu Instagram demonstra que somos pagãos ou ignorantes, uma vez que criamos expectativas quando queremos nos expor, como com uma simples selfie no Instagram, esperando por aprovações mas ao mesmo tempo sempre julgando uns aos outros. Dessa forma, o celular, as redes sociais e até a cultura da selfie são mecanismos que nos ajudam na conexão com outros indivíduos como nós, que sentem-se inseguros e ansiosos ao realizar esse comportamento. Essa música nos adverte à não julgarmos mal as pessoas novas  quando também temos nossas inseguranças. O que remete ao acontecimento recente onde Tyler mudou a letra de Stressed Out porque temia que os fãs mais antigos não gostassem mais dela devido à sua popularidade na mídia.

Na música, ele se refere a um grupo que é diferente dos demais, e sabemos que pessoas que sofrem com algum problema psicológico sentem-se isoladas das outras pessoas. Além de que, questões psicológicas sempre foram abordadas nas letras da banda. Ao fazer uma referência à letra de Guns for Hands, percebemos que, apesar de sermos ditos para não nos machucarmos, isso não impedirá nossas mentes de serem “granadas de mão”, ou seja, elas continuarão sendo destrutivas.

Tyler Joseph nos lembra mais uma vez que da mesma forma que as pessoas não nos conhecem verdadeiramente e não sabem o que se passa na nossa cabeça, nós também não conhecemos as verdadeiras intenções das pessoas conosco.

No segundo verso somos lembrados de como não lidamos bem com pessoas de fora, o que geralmente acontece com grupos muito unidos que formaram seus laços através de dificuldades, de sofrimento. Tyler está falando diretamente com o clique, tanto com os novos fãs (que ficam confusos ao entrar na fã base e entender toda a significância da banda) quanto com os fãs mais antigos (que têm receio da popularidade da banda, que os novos fãs não entendam a mensagem passada pela banda).

No último verso, Tyler canta para aqueles que, mesmo que tenham conhecido a banda através da recente popularidade, pela sonoridade da banda, encontraram questões introspectivas que talvez não soubessem que existiam e por fim, identificaram-se com o sentido e significado das letras da banda e sentem-se parte do clique.


tumblr_o8vw60P6w41qiov4do1_500


Atualmente o álbum da trilha sonora já está em pré-venda pela Amazon e terá músicas de Skylar Grey, Eminem, entre outros. A música está disponível no Spotify e na Deezer.

O filme conta com grande elenco como Will Smith, Viola Davis, Jared Leto e Margot Robbie e tem a data de estreia no Brasil para o dia 4 de agosto de 2016. Além disso, o trailer original conta com a trilha de Bohemian Rhapsody, da banda Queen.



Atualização: no dia 21/06/16 o clipe de Heathens foi lançado no canal da Fueled By Ramen. Dirigido por Andrew Donoho.



Análise da música adaptada do site Genius.

O álbum Blurryface está à venda no Brasil nas lojas Saraiva, Americanas, Livraria Cultura e Submarino.

Acompanhe-nos também nas redes sociais:

• Facebook: facebook.com/mutantkidsbr
• Grupo de fãs no Facebook: facebook.com/groups/mutantkidsbrasil
• Twitter: twitter.com/mutantkidsbr
• Instagram: instagram.com/mutantkidsbrasil
• Canal no YouTube: youtube.com/c/mutantkidsbrasil

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *