twenty one pilots concorre no APMAs 2016


twenty one pilots está concorrendo no AP Music Awards 2016 (APMAs), a premiação da revista Alternative Press. Eles disputam nas categorias Best Music Video com Stressed Out, Album Of The Year com Blurryface e Artist Of The Year. A edição #337 da revista fala sobre os artistas e bandas que estão concorrendo e também das performances do ano. A premiação ocorre no dia 18 de julho em Columbus, Ohio. Os apresentadores desse ano serão Alex Gaskarth e Jack Barakat (amigo de Josh), ambos da All Time Low. A revista conta com depoimentos de Nick Petricca (da banda Walk The Moon), Jason Pettigrew (editor-chefe da AltPress), Mark Eshleman (fundador da Reel Bear Media) e Tyler Joseph. Confira a tradução a seguir.


Nick Petricca, da Walk The Moon, escreveu sobre twenty one pilots estar concorrendo na categoria Artist Of The Year.

“Minha banda surgiu com o twenty one pilots no cenário musical de Ohio, e nós os assistimos crescer de tocar em bares pequenos e vazios para arenas gritantes e barulhentas. O sucesso que eles encontraram é extraordinário, mas não surpreende nenhum de nós – a visão sempre tem sido maior-que-a-vida, os admiradores sempre têm sido ferozes, e só agora o resto do mundo está conhecendo. Num bar quase deserto em Kent, Ohio, eu assisti Tyler [Joseph, vocais] pela primeira vez (Josh Dun na verdade estava na plateia aquela noite) pensando, “Quem é essa criança suburbana e magrela tocando piano e fazendo rap ao mesmo tempo?”. De certa forma, nada mudou, e é por isso que 21P está num foguete para o espaço sideral: Eles vivem a verdade deles e descartam o resto, redesenhando barreiras entre gêneros, reescrevendo as regras do que uma banda pode e não pode fazer no palco. Eles estão dando a uma geração a permissão de serem eles mesmos.”


Para falar sobre o álbum mais esperado por nós em 2015 e que fez a banda conquistar tanto, um dos principais contribuidores da AltPress escreveu. E em seguida, o próprio Tyler.

O que nós dissemos: “Para o sucessor do álbum de Vessel, de 2013, os príncipes do pop multidirecional, twenty one pilots construíram tudo de novas influências e a tonelada métrica de incertezas e medos multiplicando-se no crânio do frontman/compositor, Tyler Joseph. E isso é maravilhoso. ‘Não confie em uma pessoa perfeita e não confie em uma música sem falhas,’ ele avisa no furioso híbrido reggae/jungle/dubstep ‘Lane Boy’. E ele está absolutamente certo; arte boa é raramente feita por pessoas normais.” – Jason Pettigrew

O ponto de vista: “Foi difícil pra mim não sentir como se toda canção eu estava disposto a escrever meio que parecia uma peça quadrada tentando ser encaixada em um buraco redondo. Eu fui muito influenciado por shows ao vivo e estar viajando, então era difícil pra mim não escrever uma música que parecia tipo, ‘Nós precisamos de uma música dessa para o show, é isso que está faltando no nosso set.’ Josh e eu sempre temos essa mentalidade e enxergamos dessa perspectiva. Mas tantas vezes durante a criação desse CD, eu tive que dar um passo pra trás, olhar para a música e pensar, ‘Eu gosto disso?'” – Tyler Joseph, vocais/teclado


Já para falar de Stressed Out, o próprio diretor do clipe foi convidado. Clipe esse que já conta com mais de 485 milhões de visualizações, sendo o mais reproduzido no canal da Fueled By Ramen no YouTube.

O enredo: os membros do twenty one pilots lidam com as crescentes dores de sua carreira explosiva de cabeças erguidas, unindo cenas de performances atuais e de sistemas de apoio (por exemplo: suas famílias da vida real) com representações saudosas de si mesmos, mais jovens.

A história real: para filmar esse clipe, a banda e Eshleman levaram a frase “lar é onde o coração está” bem literalmente. “Tyler (Joseph, vocais) compartilhou suas ideias para o video de ‘Stressed Out’ do começo ao fim em volta de uma fogueira com a direção e eu mesmo” o diretor explica. “Poucas semanas depois, o vídeo foi gravado nas casas reais da infância de Tyler e Josh (Dun, bateria) em Columbus. Até as cenas de estúdio foram gravadas perto de onde os dois cresceram”.


E novamente responsável para falar da banda o editor-chefe, Jason Pettigrew. Dessa vez falando apenas de músicas retiradas dos álbuns indicados na categoria Album Of The Year no APMAs. Ele faz uma crítica construtiva à música Lane Boy, na mesma página que diz “Nós não nos importamos como vocês ordenam essa lista de músicas incríveis retiradas dos álbuns indicados em Album Of The Year. Nós só queremos que vocês as escutem para se lembrarem daquele provérbio de Apenas Um Show: ‘Você não pode tocar a música. Mas a música pode tocar você’.”

A dupla de pop existencial mais amada da América recita contos de neurose, angústia, catarse e amor verdadeiro no sucessor de Vessel, de 2012. Mas é a miscelânia de jungle/reggae/dusbstep de “Lane Boy” que dá ao Blurryface o momento mais urgente, um “vá se foder”. Josh Dun tocando bateria vai fazer seus braços descansados doerem e os eletrônicos são positivamente assassinos. O que um crítico tem que fazer para conseguir um set de remixes dessa produção?


A expectativa está alta e esperamos que nossa banda vença nas categorias indicadas pois certamente merecem. Os resultados você confere nas nossas redes sociais a partir do dia 18 de julho.

Além disso, recentemente eles foram citados na matéria “11 coisas que você esqueceu que aconteceram em 2011” do site da AltPress.


Atualização: Como esperávamos, twenty one pilots ganhou em duas das três categorias que concorria.

Infelizmente, eles perderam na categoria Best Music Video, onde concorriam com Stressed Out, para “Emperor’s New Clothes”, da Panic! At The Disco. Mark Eshleman, diretor de Stressed Out, escreveu em seu Twitter:


“parabéns à Panic! At The Disco pela sua vitória por melhor vídeo no #APMAs! bem merecido para o diretor Daniel Cloud Campos. amo esse vídeo.”


Cnssz8eVYAED9GS


Mais tarde na noite de ontem (18), eles levaram o prêmio de Artist Of The Year. A banda concorria com All Time Low, Beartooth, PVRIS, Fall Out Boy, Motionless In White, Panic! At The Disco, Real Friends, Sleeping With Sirens e Slipknot.

E no final, ganharam na categoria Album Of The Year, com Blurryface. Concorreram com All Time Low, August Burns Red, Bring Me The Horizon, Knuckle Puck, The Maine, Marilyn Manson, Neck Deep, Sleeping With Sirens e State Champs.

A banda agradeceu no Twitter após o show, que ocorreu em Seattle, Washington.


“olá de seattle, #APMAs. obrigado novamente por artista e álbum do ano. acabamos de celebrar com nossos amigos no show.”


Você pode assistir a reprise da transmissão aqui do APMAs aqui. E é importante lembrar que os vencedores foram escolhidos por votação aberta ao público no site da Alternative Press!

*Scans via twitter.com/thedavidthedad


O álbum Blurryface está à venda no Brasil nas lojas Saraiva, Americanas, Livraria Cultura e Submarino.

Acompanhe-nos também nas redes sociais:

• Facebook: facebook.com/mutantkidsbr
• Grupo de fãs no Facebook: facebook.com/groups/mutantkidsbrasil
• Twitter: twitter.com/mutantkidsbr
• Instagram: instagram.com/mutantkidsbrasil
• Canal no YouTube: youtube.com/c/mutantkidsbrasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *