#TBT: Tyler Joseph na edição 208 da Rock Sound

por Kaline Linhares
revisão de Matheus Lopes

Em janeiro de 2016 a Rock Sound publicou a edição #208 da revista com uma retrospectiva do ano de 2015. Para relembrar junho, tivemos uma declaração de Tyler Joseph falando sobre a criação e o sucesso do álbum Blurryface.


Foto por George Fairbairn.

Um mês após seu lançamento, Blurryface estava tornando twenty one pilots na banda revelação do ano. Como metade vocal da dupla, Tyler Joseph estava tentando assimilar tudo isso…

“O álbum foi escrito na estrada e inspirado por uma audiência ao vivo, então eu não sabia se isso seria traduzido em um CD, mas eu sabia que mal podia esperar para mostrar essas músicas ao vivo para os nossos fãs. Eu não fazia ideia de que isso ia dar tão certo. Não sabia como era ter sucesso com um álbum, então foi tudo novo. Eu sabia, quando finalizei o álbum, que não restava mais nada. Eu estava completamente exausto e esgotado – física, espiritual, musical e criativamente. Eu tive que trabalhar duro para ter certeza de que chegaria a esse ponto, e quando você chega, você sente uma intensa pressão – não externa, mas internamente, porque você sabe que colocou tudo de si naquilo. O fato de [o álbum] ter sido recebido tão bem foi um grande alívio, devido ao tanto que trabalhei nele.

Acho que sempre há coisas nos álbuns para as quais você olha e deseja ter feito diferente. Quanto mais tempo entre o lançamento e o momento que você está vivendo agora, mais você deseja ter feito algo diferente. Mas, ao mesmo tempo, há paz no fato de que é um retrato da sua vida. Você é quem você é quando você cria um álbum e essas músicas devem ser do jeito que são.

Se as pessoas fossem viver a minha vida por uma semana agora e comparar com como a minha vida era antes desse álbum e seu sucesso, acho que elas ficariam mais surpresas com o que não mudou. Antes de lançarmos o álbum, estávamos viajando e fazendo shows. Os lugares mudaram e há mais pessoas envolvidas, mas o motivo de estarmos no palco e a nossa essência não mudou. Seja em um palco grande ou pequeno, ainda estamos tentando cumprir a mesma coisa, que é usar a música para ajudar você a alcançar outro lugar. Muitas coisas externas mudaram, mas vale a pena notar que, por causa das pessoas a minha volta – meus amigos e minha família – eu sou capaz de manter quem eu sou dentro de toda essa loucura.”


Saiba mais sobre o Projeto #TBT aqui.


Acompanhe a MKBR nas redes sociais:

Facebook | Twitter | Instagram | Canal no YouTube
Galeria de fotos | Grupo de fãs no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *