Interpretação: “Doubt” e o Inferno de Dante

Leia a nossa interpretação da letra e entenda o que ela tem a ver com o clássico “A Divina Comédia”

por Matheus Lopes


Essa matéria foi escrita a partir de anotações na página de Doubt no site Genius e de conversas em grupos de fãs de twenty one pilots da MKBR.


Depois que você começa a ouvir twenty one pilots, não demora muito pra perceber que as letras e a melodia das músicas causam um efeito curioso. É que a maioria das letras são bem sombrias enquanto os instrumentais são bem alegres. Um grande exemplo disso é Doubt, faixa do álbum Blurryface. A batida que mistura pop e hip hop até pode te dar vontade de dançar, mas a mensagem dela é bem mais profunda do que parece ser.

Caso você não saiba, Josh e Tyler são cristãos. Embora eles não se considerem uma banda cristã, muitas músicas carregam algumas reflexões que parecem ser fruto de um conflito interno de Tyler em relação ao que ele acredita. “Doubt” é uma das mais diretas no assunto. A dúvida que originou o título provavelmente é em relação à fé e instituições religiosas.

Um dos assuntos mais recorrentes no cristianismo é o poder da fé. Segundo a história da Bíblia, o discípulo Tomé duvidou que Jesus tinha ressuscitado e disse que precisaria ver para crer, o que originou a expressão popular “só acredito vendo”. É comum se perguntar se realmente existe alguém olhando por você em tempos difíceis, e essa parece ter sido a inspiração de Doubt desde os primeiros versos, que podem ser interpretados como sinais de ansiedade ou de questionamentos religiosos.


Verso a verso

Quando Tyler diz que está com medo de sua própria imagem, essa pode ser uma referência a Gênesis que diz que Deus criou o homem e a mulher à imagem Dele. Tyler também diz que não sabe o que está dentro dele, o que parece ser uma referência ao Blurryface (medos e inseguranças). Vale lembrar que logo depois dessa faixa vem “Polarize”, que é considerada o clímax do álbum porque é onde Tyler decide polarizar (separar) o que é bom e o que é ruim dentro de si, mostrando que as músicas estão conectadas.

No refrão, Tyler pede para que alguém não esqueça dele mesmo quando houver dúvidas. Os fãs levantaram três interpretações diferentes: 1) Tyler está pedindo para que Deus não esqueça dele em momentos em que sua fé estiver balançada; 2) Tyler está pedindo para que Blurryface não se vá totalmente porque as partes sombrias servem de inspiração; 3) Blurryface está pedindo para que Tyler não o elimine agora que está tomando o controle.

Na segunda parte, Tyler fala sobre a temperatura estar caindo. Lembra que em “The Judge” (legendado aqui), que vem logo antes de Doubt, ele diz que a alma dele “está congelando” e que “o inferno é quente por um bom motivo”? Se você nunca entendeu esse verso, talvez agora fique tudo mais claro.

Na ponte da canção, antes do último refrão, Tyler fala sobre a constituição duvidosa das instituições religiosas, que por muitas vezes se aproveitam da fé de seus seguidores para seus próprios interesses. Ele usa a metáfora “mordendo/se alimentando dos bispos”, o que de cara parece não fazer sentido. Muita gente não sabe, mas isso é uma referência ao clássico “A Divina Comédia” do poeta italiano Dante Alighieri escrita no século 14.

O livro escrito em versos por Dante conta a passagem do protagonista pelo Inferno, Purgatório e Paraíso e todas as pessoas e criaturas que encontra no caminho. Em um dos cantos do Inferno, Dante encontra o Conde Ugolino, que compartilha a sua história. O Conde traiu sua cidade e fechou uma aliança com Ruggieri, o arquebispo de Pisa, na Itália. Mas Ruggieri passou a perna nele e também o traiu, condenando o conde a ficar preso em uma torre com dois filhos e dois netos onde todos morreram de fome. Esses fatos realmente aconteceram no século 13 e os restos mortais da família foram encontrados há alguns anos.

Na obra de Dante, tanto o Conde e o Arquebispo foram condenados ao nono círculo do Inferno, o lugar dos traidores. O castigo do arquebispo foi ser devorado eternamente pelo conde, como forma de vingança por tê-lo matado de fome. Essa parte do inferno é fria e as almas ficam presas no gelo. O que fortalece a teoria de Tyler realmente ter se inspirado nisso é o uso do verbo pouco popular “gnaw” na música, o mesmo usado na tradução da obra para a língua inglesa.

Tudo isso foi pensado no verso “gnawing on the bishops” (se alimentando dos bispos) para representar que Tyler não apoia os erros cometidos em nome de religião, um dos motivos para ele duvidar de certos aspectos da fé. Talvez ele também se considere um traidor por às vezes duvidar de sua fé.

Depois ele diz: “quero que a marca na minha pele signifique algo para mim de novo”, provavelmente em referência à tatuagem de uma cruz que ele tem no braço esquerdo. No final, ele pede novamente para que Deus não esqueça dele mesmo em momentos de dúvida. Mais uma vez, twenty one pilots traz uma mensagem de esperança em meio ao caos.

A interpretação é meio complexa e sombria, mas parece se encaixar perfeitamente na letra. O que você acha? Deixe seu comentário aqui embaixo ou fale com a gente nas redes sociais!


Caso você se interesse…

Uma escultura de Ugolino e seus filhos feita por Jean-Baptiste Carpeaux está em exposição no MET Museum em Nova York. Você pode assistir um vídeo de apresentação em inglês aqui.

Os cantos de Dante inspiraram diversas obras ao longo da história. O livro “Inferno” de Dan Brown conta uma investigação do famoso detetive Robert Langdon cheia de enigmas relacionados à primeira parte de “A Divina Comédia”. Um filme adaptado do livro foi lançado em 2016 (mas nós preferimos o livro).

Se você gosta de jogos, as franquias “Devil May Cry” e “Dante’s Inferno” também são cheias de símbolos dentro desse tema. O segundo, inclusive, tem uma missão envolvendo o Conde Ungolino, que parece ter inspirado a letra de Doubt.


Acompanhe a MKBR

Facebook
Twitter
Instagram
Canal no YouTube 
Galeria de fotos
Grupo de fãs no Facebook

Um comentário em “Interpretação: “Doubt” e o Inferno de Dante

  1. Cara eu amo essas teorias. Eu mesma faço teorias sobre as músicas enquanto eu escuto, assim interpretando da forma mais compreensiva possível. Eu realmente gostaria de saber o real significado de todas essas letras, mas o melhor é não saber, porque assim vc pensa, ocupando a sua cabeça com coisas que valem realmente pensar.
    Desculpa o português 😅

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *