twenty one pilots: quem é o líder?

tradução de Rodolfo Silva
revisão de Kaline Linhares

No dia seguinte ao show A Complete Diversion em setembro, twenty one pilots concedeu várias entrevistas. Uma delas foi para a rádio finlandesa NRJ, onde a banda falou sobre o primeiro show de 2018, discussões e qual dos dois é o líder.


Você pode ouvir a entrevista aqui:

NRJ: Minha nossa! É tão bom ver vocês novamente. Última vez que eu encontrei vocês foi alguns anos atrás, quando vocês estavam em Helsinki. E o show foi incrível, assim como o de ontem.
Tyler: Obrigado.

NRJ: Como foi? Vocês tiveram um longo intervalo, um ano. Como foi esse show para vocês?
Josh: Foi muito divertido. Acho que em todos os shows que fazemos, nós nos preparamos para não ficar no piloto automático. Tem certas coisas que requer total atenção e energia. Mas esse especialmente, com a gente voltando depois de mais de um ano. Precisamos dar realmente 110% de atenção. Com as músicas novas e tudo mais, os nervos estavam à flor da pele. Mas ficar nervoso por causa de alguma coisa tem seu lado gratificante. Isso quer dizer que aquilo é muito importante para você. Então assim que acabou, foi tipo, a gente estava nas nuvens.

NRJ: Eu imagino! Eu estava me perguntando, porque eu já fui em vários shows, mas ninguém faz shows com a mesma energia que vocês. Então, eu estou apenas curioso para saber de onde vem tanta energia. Obviamente só o fato de estar num palco ajuda, mas…
Tyler: Bem, acho que nós percebemos que não teremos muitos anos até ficarmos velhos demais para ter energia. Então estamos aproveitando enquanto podemos.
Josh: Aproveitamos enquanto podemos.

NRJ: Novo álbum Trench está pronto. Já ouvi algumas músicas desse álbum, mas há um monte de fãs que ainda não ouviram. Eles já ouviram algumas músicas, mas quais são as principais diferenças, se vocês fossem comparar este álbum com o álbum Blurryface. Quais as principais diferenças entre os dois? Tem alguma diferença?
Tyler: Tem sim. Eu diria que eu usei bastante o baixo nesse álbum em particular. Escrevi várias músicas que começam com esse instrumento, então isso definitivamente afetou no processo de escrita das músicas e nos efeitos sonoros. Acho que essa é a primeira coisa que vem à mente quando penso na diferença. Em Blurryface eu usei bastante o piano ou até mesmo alguns programas e computador, focando nesse tipo de coisas primeiramente. Essa é a principal diferença, acho.

NRJ: Essa é uma pergunta maluca, mas se vocês tivessem que escolher apenas uma música para tocar todas as vezes que subissem em um palco, qual música seria?
Josh: Do novo álbum?

NRJ: Qualquer música. Desculpa.
Josh: Não sei, “Trees” do twenty one pilots.
Tyler: Essa é legal. Eu ia falar “My Heart Will Go On” da Celine Dion.

NRJ: Eu não estava esperando por essa! Eu acredito que vocês passam bastante tempo juntos, certo?
Tyler: Somos obrigados.

NRJ: Sim, vocês são obrigados. Vocês discutem as vezes?
Tyler: Constantemente.

NRJ: Qual foi o motivo da última discussão?
Tyler: Eu falei para o Josh que eu jurava que o piercing dele estava na narina direita antes, nos outros shows, e ele disse que não, que sempre usou na narina esquerda. E ficamos brigando por causa disso por mais de uma hora.
Josh: Foi incrível a quantidade de vezes que você falou a palavra narina em uma discussão.
Tyler: Foi um recorde.

NRJ: Gostei dessa! Ok, o que acontece se Josh quiser ir ao McDonald’s e Tyler quiser ir ao Subway? Quem decide? Eu estou tentando descobrir qual dos dois é o líder.
Tyler: O problema é que Josh luta box no tempo livre, então eu tenho que fazer a vontade dele quando ele quer ir em algum lugar, senão ele vai me dar um soco na mandíbula.

NRJ: Você já tentou?
Tyler: Sim, ele me deu um soco na mandíbula e na minha narina. E minha narina começou sangrar, então tivemos que ir.
Josh: Esse vai ser um recorde de quantas vezes você usou a palavra narina em uma entrevista.

NRJ: Provavelmente sim. Hoje quando vocês acordaram, qual foi a primeira coisa que pensaram?
Josh: Mal posso esperar para passar um tempo com o Tyler.
Tyler: Eu mal posso esperar para esse dia acabar.

NRJ: Tem alguma coisa que vocês sempre quiseram experimentar, mas têm medo? Qualquer coisa no mundo.
Tyler: Eu nunca saltei de paraquedas. Não acho que eu tenha medo disso. Claro que eu ficaria com um pouco de medo, mas medo não foi a razão pela qual eu ainda não fiz isso. Simplesmente ainda não deu para encaixar na rotina logisticamente. E você?
Josh: Eu sinto que comigo é mais relacionado à comida do que fortes emoções.

NRJ: Como comer algo super diferente?
Josh: Sim.
Tyler: Tipo carne humana.
Josh: Eu sempre quis provar, mas eu tenho medo!
Tyler: Esse é o único motivo.

NRJ: Carne humana servida em um prato. Onde fica o restaurante? Eu quero saber também.
Josh: Algum aqui no Reino Unido?

NRJ: Cite alguma coisa que te deixa feliz nesse momento.
Josh: Eu tirei a capa do meu celular.

NRJ: Estava suja?
Josh: Não. Tyler mandou eu tirar e usar o celular sem capa. É tão melhor!

NRJ: Pois é! Bem mais fino.
Josh: Então isso me deixa feliz.
Tyler: Pode ser que estejamos cometendo um erro.
Josh: Verdade. Próxima vez que a gente se encontrar para uma entrevista, eu provavelmente estarei com um celular trincado. Mas enfim, isso é uma das coisas que me deixa feliz.
Tyler: Acho que para mim, uma coisa que me deixa feliz são banhos. Eu gosto de banhos. Não são ótimos?
Josh: São.

NRJ: Você está falando de ir tomar banho?
Tyler: Sim. Banhos são ótimos. Me fazem feliz.
Josh: Eu toquei bateria no show ontem à noite.

NRJ: Isso te fez feliz?
Josh: Sim.

NRJ: Você estava no palco também.
Tyler: Sim. Eu fiquei muito animado quando ele parou de tocar bateria. É muito barulhento.

NRJ: Vocês têm muito fãs que fazem coisas extremas como dormir em filas. Quase todos os shows estão esgotados. Qual foi a coisa mais louca que algum fã ou qualquer pessoa já fez?
Tyler: Eu dei um autógrafo em um inalador, uma vez. Isso foi legal. Isso foi bem louco.
Josh: Esse é um item interessante de autografar.
Tyler: Eu acho que quando alguém pede para a gente autografar o celular deles, isso é algo louco para mim. Eu não sei se eu deveria. Porque eu sei que eu não sou tão importante assim para autografar esse negócio. Entende o que eu quero dizer?
Josh: Sim.

NRJ: Claro que você é!
Tyler: Não sou.

NRJ: Eu sei que várias pessoas têm tatuagens de twenty one pilots.
Tyler: Sim. Se tiver que significar alguma coisa, elas significam que não podemos nos separar.

NRJ: Sim. Exatamente. Nunca!
Tyler: Então…
Josh: É tipo eles investindo pesado em nós.

NRJ: Vocês estarão juntos para sempre.


Acompanhe a MKBR

• Facebook
• Twitter
• Instagram
• Canal no YouTube 
• Galeria de fotos
• Grupo de fãs no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *