Ouça as músicas novas “Jumpsuit” e “Nico and The Niners”

Publicado por Mutant Kids Brasil - Arquivada em 2018

por Kaline Linhares
Tradução de Danielle Fortes

AVISO: Nós faremos outra matéria com nossas análises e teorias do clipe de “Jumpsuit”. Avisaremos nas redes sociais, então se quiser saber assim que postarmos, ative as nossas notificações no Twitter, curta nossa página no Facebook ou fique de olho nas stories do nosso Instagram!


Hoje, às 8h da manhã no horário de Brasília, twenty one pilots lançou duas músicas novas e informações sobre seu novo álbum e turnê. As músicas, que já falamos antes aqui, são “Jumpsuit” e “Nico And The Niners”.

O nome do novo álbum da banda é Trench e será lançado no dia 5 de outubro. The Bandito Tour, a turnê dessa nova era, começa no dia 16 de outubro e passará pela América do Norte, Europa, Austrália e Nova Zelândia até 17 de março. Novas datas provavelmente serão adicionadas no site da banda no futuro. Pelo Instagram, eles avisaram que teremos mais informações amanhã (12).

Confira abaixo a letra original e tradução das músicas e o clipe de “Jumpsuit”.

“Jumpsuit” é o nome do macacão que Tyler e Josh já usaram diversas vezes ao longo da carreira. A música fala sobre a insegurança de Tyler ao chegar em lugares novos, não apenas literalmente, mas aparentemente também no sentido de estar lançando um álbum novo ou de viver novas fases de sua vida. O macacão que ele veste para os shows representa o poder da música que o faz se sentir mais seguro para se expressar e enfrentar seus medos.

Compre ou ouça online: Spotify | Deezer | iTunes | Google Play | Tidal

Original:

I can’t believe how much I hate,
Pressures of a new place roll my way,
Jumpsuit, Jumpsuit cover me,
Jumpsuit, Jumpsuit cover me.
I crumble underneath the weight,
Pressures of a new place roll my way,
Jumpsuit, Jumpsuit cover me.
Jumpsuit, Jumpsuit cover me.

Spirits in my room, friend or foe?
Felt it in my youth, feel it when I’m old,
Jumpsuit, Jumpsuit cover me,
Dusting off my Jumpsuit.

I’ll be right there,
But you’ll have to grab my throat and lift me in the air,
If you need anyone,
I’ll stop my plans,
But you’ll have to tie me down and then break both my hands,
If you need anyone.

Tradução:

(Tyler falando no início do clipe:
Nós estivemos aqui o tempo todo.
Você está dormindo.
Hora de acordar.)

Me dê cobertura.

Eu não consigo acreditar no quanto odeio,
Pressões de um novo lugar rolam em minha direção,
Macacão, macacão, me cubra,
Macacão, macacão, me cubra.
Eu desmorono embaixo do peso,
Pressões de um novo lugar rolam em minha direção,
Macacão, macacão, me cubra,
Macacão, macacão, me cubra.

Espíritos no meu quarto, amigo ou inimigo?
Senti na minha juventude, sinto quando sou velho,
Macacão, macacão, me cubra,
Tirando a poeira do meu macacão.

Eu estarei logo aí,
Mas você terá que agarrar minha garganta e me levantar no ar,
Se você precisar de alguém,
Eu pararei meus planos,
Mas você terá que me amarrar e depois quebrar as minhas duas mãos,
Se você precisar de alguém.


Falaremos mais detalhadamente sobre “Nico and The Niners” na próxima matéria analisando as letras e o clipe de “Jumpsuit”. Mas, resumidamente, esta canção parece falar sobre a banda e os fãs que lutam/lutaram contra os seus problemas e as críticas negativas que receberam por depositar sua esperança na música. Um dos versos mais intensos fala sobre o dinheiro obtido com “lojas de lâminas”, em referência a pessoas de fora que acusam twenty one pilots de explorar esses assuntos apenas para fazer dinheiro. A música também tem alguns versos de trás pra frente, provavelmente em referência à fama que “Goner” recebeu de pessoas que teorizavam que ao ser tocada de trás para frente ela tinha mensagens negativas, o que a banda negou.

Compre ou ouça online: Spotify | Deezer | iTunes | Google Play | Tidal

Original:

(Introdução em reverso:
We will leave Dema and head through east
We renounce vialism)

East is up,
I’m fearless when I hear this on the low,
East is up,
I’m careless when I wear my rebel clothes,
East is up,
When Bishops come together they will know that,
Dema don’t control us,
Dema don’t control,
East is up.

They want to make you forget,
They want to make you forget,
Save your razorblades now, not yet,
Save your razorblades now, not yet.

I’m heavy, my Jumpsuit is on steady,
I’m lighter when I’m lower,
I’m higher when I’m heavy,
I’m so high, my Jumpsuit takes me so high,
I’m flying from a fire, from Nico and the Niners.

What I say when I want to be enough,
What a beautiful day for making a break for it,
We’ll find a way to pay for it,
Maybe from all the money we made razorblade stores,
Rent a race horse and force a sponsor,
And start a concert, a complete diversion,
Start a mob and you can be quite certain,
We’ll win but not everyone will get out.

(Em reverso:
We are banditos)

Tradução:

(Introdução em reverso:
Nós vamos sair de Dema e seguir em direção ao leste
Nós renunciamos o Vialismo)

O leste está para cima,
Eu não tenho medo quando ouço isso em segredo,
O leste está para cima,
Eu não tenho cuidado quando uso minhas roupas de rebelde,
O leste está para cima,
Quando os Bispos se reunirem eles saberão que,
Dema não nos controla, Dema não controla,
O leste está para cima.

Eles querem te fazer esquecer,
Eles querem te fazer esquecer,
Guarde suas lâminas agora, ainda não,
Guarde suas lâminas agora, ainda não.

Eu estou pesado, usando meu Macacão firme
Eu fico mais leve quando estou mais baixo,
Eu fico mais alto quando estou pesado,
Eu estou tão alto, meu Macacão me leva tão alto,
Eu estou voando de um incêndio, de Nico e os Nove.

O que eu digo quando eu quero ser suficiente,
Que belo dia para tentar fugir,
Nós vamos encontrar um jeito de pagar por isso,
Talvez com todo o dinheiro que fizemos as lojas de lâminas lucrarem,
Alugaremos um cavalo de corrida e forçaremos um patrocinador
E começaremos um show, uma completa distração,
Começaremos um tumulto e você pode ter certeza,
Nós venceremos, mas nem todo mundo sairá.

(Em reverso:
Nós somos banditos)


Acompanhe a MKBR para mais novidades!

• Facebook
• Twitter
• Instagram
• Canal no YouTube 
• Galeria de fotos
• Grupo de fãs no Facebook

Comunicado

Por decisão unânime, a equipe da Mutant Kids Brasil decidiu dar uma pausa indeterminada nas atividades do portal.

No dia 02 de setembro de 2020, Tyler Joseph demonstrou indiferença a causas sociais que são importantes para nós e por isso não nos sentimos mais confortáveis em continuar o nosso trabalho de cobrir a banda twenty one pilots.

Depois de meses recebendo mensagens de fãs pedindo que ele se posicionasse em suas plataformas digitais em relação a tópicos importantes, como o movimento Vidas Negras Importam nos EUA e a crescente onda de homofobia na Europa, Tyler publicou uma foto usando tênis de plataforma (salto) como piada, dizendo que estava sim usando sua plataforma.

Horas depois de causar controvérsia, ele começou a falar sobre saúde mental, dizendo que é essa a sua causa, e que ele já carrega peso demais, mas que admira quem batalha por outras causas.

Não é a primeira vez que ele diz algo assim. Em 2016, quando o casamento homoafetivo foi enfim legalizado nos EUA (país onde Tyler mora), ele ficou em silêncio. Ao ser perguntado sobre o que ele achava, Tyler publicou uma mensagem dizendo que não havia postado sobre isso porque "qualquer outra causa, não importa o quão nobre seja, torna-se um peso grande demais para carregar". Ele pediu paciência até que um dia ele "consiga carregar mais peso".

Isso nos leva a concluir que Tyler ainda não aprendeu a carregar o "peso" que nós somos, 4 anos depois. Não sabemos se faz sentido dedicar nosso tempo e energia a alguém que nos enxerga desta forma. A impressão que temos é que as nossas batalhas não são as mesmas, como ele dizia. E isso nos magoa.

Não achamos que todas as celebridades são obrigadas a se posicionar sobre tudo. Mas acreditamos que as pautas sobre identidade estão diretamente ligadas à saúde mental, base sobre a qual a banda construiu sua carreira. Tyler mencionou dados sobre depressão e suicídio, por exemplo, mas ele não olha mais fundo na questão. Há diversos estudos que relacionam esses males ao preconceito que pessoas negras e LGBTQ+ sofrem. É preciso enxergar os fãs.

Não estamos publicando esse texto como uma tentativa de convencer vocês a pensarem como nós. Assim como muitos defendem a opção de Tyler de não se pronunciar, esperamos que entendam a nossa perspectiva. Nossa equipe é e sempre foi diversa, com contribuição de pessoas de diferentes estados, grupos sociais, gêneros, sexualidade, religião e posicionamento político. Infelizmente, não nos sentimentos tão acolhidos pela banda como antigamente, e assim como diversos outros portais pelo mundo estamos tomando essa decisão.

O site, as redes sociais e o canal no YouTube continuarão no ar para quem quiser conferir o conteúdo que publicamos sobre a banda desde 2014.

Holler Box
%d blogueiros gostam disto: