Antes de mergulhar no mundo dos números e dos tapetes vermelhos, vamos falar um pouco sobre como o twenty one pilots se posiciona em relação a isso. Em algumas entrevistas antes da sequência de hits, Tyler e Josh já deram a opinião deles sobre fama e charts. Tyler falou mal sobre a experiência de estar chegando em uma premiação da MTV. Mas mesmo se não tivéssemos essas declarações, poderíamos analisar apenas as letras da banda, já que algumas músicas falam sobre isso. “Screen”, “Fairly Local” e “Lane Boy” são exemplos. Todas elas são uma forma de crítica à indústria da música e também um desabafo sobre a insegurança e o medo de que as músicas deles nunca ganhassem reconhecimento popular.

Meses depois de ser lançada como single de trabalho, para a surpresa de todos, “Stressed Out” começou a sua subida nas paradas musicais no fim de 2015. Já falamos sobre isso aqui no site em algumas matérias especiais (leia aqui). O sucesso da banda com seus fãs, esgotando shows e vendendo CDs, já era inegável, mas foi aí que a banda ganhou apelo popular geral. No Brasil, o estouro aconteceu principalmente depois dos shows no Brasil em março de 2016. Desde então, a banda não saiu mais dos lugares mais cobiçados das paradas musicais e apareceu como atração principal em vários festivais pelo mundo.

Durante a passagem da Blurryface Tour em Cleveland, Ohio, a banda cantou Stressed Out com versos alterados, criticando o próprio sucesso:

“Eu queria ter escrito uma canção diferente que ninguém ouviu. Eu queria que minha mãe admitisse que ela está enjoada de cada palavra. Tocada demais, elogiada demais, foi um smash hit. Engraçado como canções que são tocadas demais soam como uma porcaria. Disseram que nossos fãs verdadeiros não gostam dessa canção. Mas eu espero que eles cantem junto. Eu espero que eles cantem junto.”

Após receberem 5 prêmios no Billboard Music Awards 2017, Tyler fez uma live no Instagram dizendo que ficava orgulhoso dos fãs por levarem a banda tão longe, mas que o objetivo deles nunca foi ser uma banda grande ou pop.

O motivo de fazermos esta página no site, então, é mais um passo para apoiar o trabalho da banda. Nosso objetivo não é engrandecer esses números a fim de expô-los como argumentos de discussões entre fandoms, tão comuns hoje em dia. Queremos celebrar o reconhecimento que twenty one pilots está recebendo e continuar acompanhando o crescimento deles.

A palavra chart em português, literalmente, significa tabela, lista ou gráfico. Os charts musicais são tabelas que mostram os desempenhos dos artistas na indústria. Nos Estados Unidos, país de origem do twenty one pilots, a parada musical mais reconhecida é a lista Hot 100, da revista musical Billboard. Ela é a base para as classificações no país pois reúne dados das principais fontes em uma só lista.

Billboard

A Hot 100 é publicada semanalmente desde 1955 e é uma lista das 100 músicas mais populares da semana. A lista final é uma soma das reproduções das músicas na rádio + vendas da música + reproduções da música em plataformas de stream (como Spotify e YouTube). A Nielsen é o órgão responsável pelo monitoramento de vendas e popularidade das músicas e conta as vendas e os streams. O Mediabase é a plataforma que contabiliza as reproduções dos singles nas rádios.

Já a Billboard 200 é a lista que monitora a venda de álbuns. No final de 2014, eles mudaram a metodologia de contagem: ao invés de contar apenas o número de vendas de cada álbum, eles passaram a contar também a venda de faixas individuais e número de streams. Com isso, além das cópias dos álbuns, eles criaram o termo “unit”, algo como “unidade de álbum”.

As marcas são as seguintes: cada 10 faixas do álbum vendidas digitalmente equivalem a 1 álbum vendido (1 unit) e 1500 streams de uma canção equivalem a 1 álbum vendido (1 unit). As maiores plataformas de vendas e stream foram adicionadas à fórmula, como Spotify, Beats Music, Google Play e Xbox Music. Isso significa que um artista pode receber um certificado de ouro, equivalente a 500 mil cópias vendidas, sem ter necessariamente vendido 500 mil cópias puras daquele álbum, mas sim tendo alcançado 500 mil units vendidas. Por conta disso, a Billboard criou um outro chart chamado Top Album Sales com a venda pura dos álbuns, sem contar os dados de consumo digitais por faixa/stream. Ah, cópia pura (pure sales) é como chamam uma venda real de um álbum ou single, sem incluir streams.

Rádios/Airplay

O Mediabase é um serviço fechado destinado aos empresários da indústria da música para terem estatísticas sobre o desempenho dos singles enviados para a rádio. O sistema monitora mais de 1800 estações de rádio nos Estados Unidos e Canadá nos mais diversos formatos. A classificação usada pelas rádios define o gênero de uma música e é a partir daí que a Billboard conta pontos para formar seus charts. Por exemplo, “Ride” começou tocando apenas nas rádios Alternative Rock, e com o tempo foi incluída nas rádios Pop. Ao pensar em pop talvez você logo relacione isso a artistas como Katy Perry ou The Weeknd, mas quando uma canção fica muito popular ela é levada para esse formato mesmo que não se encaixe no padrão sonoro pop, digamos assim. Pop significa, simplesmente, popular.

As canções do twenty one pilots são tocadas em vários formatos devido à sua pluralidade musical, estando entre as estações Pop, Alternative e Rock, por exemplo. Cada vez que uma música é tocada em uma estação, essa música ganha 1 ponto de spin. Spin significa literalmente giro, é como se alguém estivesse colocando o disco do single na estação e tocando a música. Outra medida importante é a audiência. A audiência indica quantas pessoas ouviram a música ser tocada no total.

Dependendo do formato, o Mediabase classifica seu ranking de acordo com a quantidade de spins ou audiência que um single tem. Quando Ride e Heathens ocuparam o topo dos charts Pop e Rock, por exemplo, isso significa que as canções eram as mais tocadas no momento nas estações dos dois formatos. (Falamos mais disso na seção de Recordes).

Vendas

Os dados de vendas contabilizados para os charts, como já mencionamos, vêm da Nielsen, que monitora a quantidade de cópias físicas vendidas pelo país, e de plataformas de venda digitais, como o iTunes da Apple ou o Google Play.

Streaming

Antes de dezembro de 2014, as reproduções nas plataformas como Spotify e YouTube não eram levadas em conta na hora de preparar os charts. Agora, esses serviços são mais influentes, criando seus próprios ranking. Ao clicar em “Descobrir” no Spotify, você pode ver diversos charts dentro do próprio aplicativo, que faz tabelas por cada país onde o serviço está disponível e também uma tabela mundial. Em 2017, twenty one pilots chegou a ser o 5º artista mais ouvido no Spotify em todo o mundo. As visualizações dos vídeos no YouTube também são importantes para que as músicas subam nos charts da Billboard. Cada stream/visualização conta para a subida do single na Hot 100 e cada 1500 streams/visualizações equivalem a 1 álbum vendido para a Billboard 200 e certificados oficiais da RIAA.

Última atualização: 23 de junho de 2019

Comunicado

Por decisão unânime, a equipe da Mutant Kids Brasil decidiu dar uma pausa indeterminada nas atividades do portal.

No dia 02 de setembro de 2020, Tyler Joseph demonstrou indiferença a causas sociais que são importantes para nós e por isso não nos sentimos mais confortáveis em continuar o nosso trabalho de cobrir a banda twenty one pilots.

Depois de meses recebendo mensagens de fãs pedindo que ele se posicionasse em suas plataformas digitais em relação a tópicos importantes, como o movimento Vidas Negras Importam nos EUA e a crescente onda de homofobia na Europa, Tyler publicou uma foto usando tênis de plataforma (salto) como piada, dizendo que estava sim usando sua plataforma.

Horas depois de causar controvérsia, ele começou a falar sobre saúde mental, dizendo que é essa a sua causa, e que ele já carrega peso demais, mas que admira quem batalha por outras causas.

Não é a primeira vez que ele diz algo assim. Em 2016, quando o casamento homoafetivo foi enfim legalizado nos EUA (país onde Tyler mora), ele ficou em silêncio. Ao ser perguntado sobre o que ele achava, Tyler publicou uma mensagem dizendo que não havia postado sobre isso porque "qualquer outra causa, não importa o quão nobre seja, torna-se um peso grande demais para carregar". Ele pediu paciência até que um dia ele "consiga carregar mais peso".

Isso nos leva a concluir que Tyler ainda não aprendeu a carregar o "peso" que nós somos, 4 anos depois. Não sabemos se faz sentido dedicar nosso tempo e energia a alguém que nos enxerga desta forma. A impressão que temos é que as nossas batalhas não são as mesmas, como ele dizia. E isso nos magoa.

Não achamos que todas as celebridades são obrigadas a se posicionar sobre tudo. Mas acreditamos que as pautas sobre identidade estão diretamente ligadas à saúde mental, base sobre a qual a banda construiu sua carreira. Tyler mencionou dados sobre depressão e suicídio, por exemplo, mas ele não olha mais fundo na questão. Há diversos estudos que relacionam esses males ao preconceito que pessoas negras e LGBTQ+ sofrem. É preciso enxergar os fãs.

Não estamos publicando esse texto como uma tentativa de convencer vocês a pensarem como nós. Assim como muitos defendem a opção de Tyler de não se pronunciar, esperamos que entendam a nossa perspectiva. Nossa equipe é e sempre foi diversa, com contribuição de pessoas de diferentes estados, grupos sociais, gêneros, sexualidade, religião e posicionamento político. Infelizmente, não nos sentimentos tão acolhidos pela banda como antigamente, e assim como diversos outros portais pelo mundo estamos tomando essa decisão.

O site, as redes sociais e o canal no YouTube continuarão no ar para quem quiser conferir o conteúdo que publicamos sobre a banda desde 2014.

Holler Box
%d blogueiros gostam disto: